home
empresa
conceito
portifólio
NewTv no ar
entrevistas
blog
fale conosco



under construction voltar


Espalhe - Celular veicula informação com maior velocidade

16/09/2005

NewTV aborda marketing de guerrilha via moblogs


Marcelo Godoy
Daniel Reis



No dia 14 de setembro o programa NewTV recebeu o pessoal da agência de comunicação Espalhe e de sua empresa irmã, focada em relações públicas, Fan. O assunto central da entrevista foi a revolução digital existente a partir do constante desenvolvimento de instrumentos de comunicação como celulares, blogs e até o orkut, que proporcionam ao usuário a possibilidade de ter “independência autoral”.

Seguindo essa linha, a Espalhe cria para seus clientes ações que visam a interação entre esses novos meios ainda pouco explorados. Essa atividade é conhecida como marketing de guerrilha, um conceito que quebra paradigmas e vasculha no emaranhado de novidades pertencentes a era da informação vantagens competitivas, tendo agilidade, ousadia e surpresa como suas principais armas.

“Está acontecendo essa revolução. É a mídia na mão de qualquer um”, ressalta o diretor de operações da Espalhe, Cleber Martins.

Uma das iniciativas da empresa que explicita essa meta mercadológica é a campanha criada para a operadora Vivo com o intuito de divulgar o serviço de messenger. A Espalhe, em parceria com a agência Fischer, criou a Vivo Moblog e deu início a campanha “Revolução dos Dedos” ou como eles escrevem “Revolucaum dos Ddos”. Moblogs são blogs feitos por celular.

“A Vivo nos procurou para se comunicar com o jovem e o grande desafio foi achar uma utilidade real para essa tecnologia”, diz o coordenador do projeto pela Espalhe, Wagner Martins. Ele destaca que a partir dessa novidade a divulgação de informações se torna mais rápida. “São poucos minutos até a informação chegar na Internet é quase imediato”, destaca.

Para dar forma a campanha foram recrutados 45 coolhunters ou agentes de tendências. São jovens chamados para atualizar seu moblogs e por meio da propaganda boca a boca divulgarem o serviço. E tem dado certo, o número de 10 mil moblogs aumentou para 32 mil em um mês de campanha.

“O barato é não controlar. Cada agente divulga o seu. Queremos que as pessoas se envolvam, deixem de ser passivas”, afirma a jornalista responsável pela Fan, Roberta Paixão.

 

Enquanto a entrevista rolava, Daniela Takirara, uma coolhunter, não parava de tirar fotos e atualizar dali do estúdio o seu moblog. “Para mim é uma grande diversão”, diz Daniela.

www.espalhe.com.br
www.moblog.vivo.com.br 
http://revolucaum.moblog.vivo.com.br 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 






Guest